Guavira se torna fruto simbolo do MS

0
72

A guavira, fruta nativa do Cerrado, foi aprovada no último dia 08/11 como a fruta símbolo de Mato Grosso do Sul. A Lei 5.082 já está em vigor e autoriza a inclusão do fruto como símbolo em todas as divulgações turísticas do Estado.

“O fruto verde e amarelo representa a cor do nosso país e, agora, se torna símbolo de Mato Grosso do Sul”

-Renato Câmara (PMDB), autor da lei.

Nos últimos anos, especialistas avaliaram que os guavirais diminuiram devido a expansão da pecuária, das lavouras e do crescimento populacional, colocando em risco a conservação da espécie. Desta forma, os cientistas avaliam que a melhor forma de conservar o fruto é viabilizar o seu cultivo do ponto de vista econômico, para consumo próprio e para comercialização.

“Faz parte da vegetação do Cerrado, é nativa. Mas quando o produtor vai plantar milho, soja, enfim, o solo é preparado e ela desaparece porque é feita uma limpeza dessas lavouras”

-Edmilson Volpe, eng. agrônomo pesquisador da Agraer

“A guavira tem um grande potencial para gerar renda a ajudar a desenvolver o turismo. O passo agora é desenvolver a sua cadeia produtiva”

Rica em vitamina C que excede em quase 20 vezes a vitamina C da laranja, e minerais como o magnésio, ótimo para digestão, o fósforo, cálcio que ajuda fortificar os dentes e ossos e potássio, indicado para os atletas por fortalecer os músculos, zinco e óleos essenciais.

Em Bonito a fruta já é utilizada preparação de pratos tradicionais, sorvetes, picolés, drinques e os mais antigos até utilizam a guavira para fins medicinais. A fruta já conquistou o privilégio de ter um festival em sua homenagem.

Geralmente realizado em novembro, época de colheita da fruta, o Festival da Guavira de Bonito é uma mistura de cultura e gastronomia.

Além da variedade de pratos feitos com base na fruta, o festival ainda agrega música tradicional e exposição do artesanato local. Segundo dados da Agraer, 60% dos produtores da região de Bonito preserva áreas com guavira na propriedade.

Fonte: Correio do Estado

Comentários

Compartilhar
Artigo anteriorConsenso científico: O clima da Terra está aquecendo
Próximo artigoJornada da Biologia da UFMS

O AquidauanaMais objetiva unir os saberes da comunidade Aquidauanense, Anastaciana e da Região em um portal de entretenimento, interação e diálogo, onde todos possuem liberdade para expor suas opiniões e ideias.