Conheça as três cidreiras

0
193

É comum que as pessoas se confundam com o nome das espécies de cidreiras. A verdade é que no nome científico, o verdadeiro nome das espécies, apenas uma das três cidreiras faz referência ao que significa cidreira e, por incrível que pareça, essa espécie não é conhecida por “cidreira verdadeira”. Mas afinal, o que tornou os nomes populares dessas espécies tão confusos?

A palavra cidreira vem de cítrico (de limão). No Brasil há três diferentes espécies de plantas medicinais chamadas de cidreira. Elas possuem em comum os óleos essenciais pineol, geraniol e citral e por isso tem cheiro e ação terapêutica parecidas, sendo úteis na produção de fármacos antiinflamatórios, ansiolíticos, antitermico, digestivos, antivirais, antioxidantes e podem ser utilizadas como especiarias, perfumes entre outros usos.

Vamos conhecer as espécies pelos respectivos nomes científicos, aprender a diferenciá-las, para quê servem e como cultivá-las!

  1. Melissa officinalis – Família Laminaceae

Chamada de Cidreira verdadeira a Melissa é uma planta rasteira originária da Ásia e da região que circunda o Mediterrâneo, se adaptou bem as condições tropicais e hoje é encontrada em todo o território nacional. Ela se parece com a hortelã, porém com cheiro mais suave. São comprovados seus efeitos antioxidante, antiviral, antespasmódico, antiinflamatória, digestivo e sedativo. É repelente de insetos e pode ainda ser usada como tempero.

2. Lippia alba – Família Verbenaceae

É comumente chamada de erva cidreira arbustiva, cidreira brasileira, falsa melissa ou cidreira brava. Trata-se de um sub arbusto nativo do Brasil e América do Sul cuja altura pode atingir 3m. Dá flores em tons lilás e suas folhas são aveludadas. É comprovado cientificamente que tem efeito carminativo (elimina gases) é calmante e digestiva. A espécie é conhecida na medicina popular como analgésica, febrífuga, antiinflamatória, antigripal e cura afecções hepáticas.

3. Cymbopogon citratus – Família Poaceae

Chamada popularmente de capim cidreira, capim santo, capim limão ou capim cidrão. Em portugal é conhecida como erva príncipe.
É originária das regiões tropicais da Ásia, especialmente da Índia. Essa espécie tem aparência de um capim chegando a formar touceiras e embora se pareça com a Citronela não devem ser confundidas. Possui ação calmante, expectorante, digestivo, diurético, analgésico e antiespasmódico.

 

O CULTIVO DAS CIDREIRAS

CIDREIRA VERDADEIRA (Melissa officinalis)
É rasteira tem crescimento lento, planta-se de muda a partir da estaquia de ramos. Pode ser plantada em vaso ou canteiro e gosta de clima frio.

CIDREIRA ARBUSTIVA (Lippia alba)
Planta-se por muda ou por um galho q brota facilmente quando enfiado no solo. Cresce bastante e por isso recomenda-se plantar em canteiro ou em vaso grande. Por tratar-se de uma espécie nativa, esse arbusto é rústico e tolerante ao clima.

CAPIM CIDREIRA (Cymbopogon citratus)
Geralmente plantada de muda através da divisão da touceira. Pode- se plantar a muda diretamente no solo ou cortar parte das raizes e folhas e deixar o talo na água (lembrando de trocar a água) até brotar e depois colocar em canteiro ou vaso. É uma planta resistente, suporta bem o sol forte e até mesmo um período seco.

Cultive bons hábitos, colha saúde!

Comentários